A B c D E F G H

Silva e Luna é efetivado no cargo de ministro da Defesa

Silva e Luna é efetivado no cargo de ministro da Defesa
Nenhum comentário.
General de Exército comandava a Defesa como ministro interino desde fevereiro deste ano. Ele é o primeiro militar a chefiar a pasta desde 1999, quando o ministério foi criado. Ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, é o primeiro militar a comandar a pasta. Alexandre Manfrim/Ministério da Defesa O presidente Michel Temer decidiu efetivar o general de Exército Joaquim Silva e Luna no cargo de ministro da Defesa. A nomeação de Luna foi publicada no "Diário Oficial da União" desta quarta-feira (13). Luna comandava pasta como ministro interino desde fevereiro deste ano, quando o ministro Raul Jungmann deixou o Ministério da Defesa para assumir o Ministério Extraordinário da Segurança Pública. Luna é o primeiro militar a comandar a pasta desde 1999, quando o ministério foi criado. Temer também efetivou os interinos Wagner Rosário, no Ministro de Estado da Transparência e Controladoria-Geral da União, e Edson Duarte, no Ministério do Meio Ambiente. Wagner Rosário completou um ano como interino no comando da Controladoria-Geral da União (CGU). Ele assumiu a pasta em maio de 2017, quando o então ministro Torquato Jardim assumiu o Ministério da Justiça. Já Edson Duarte estava no Ministério do Meio Ambiente desde abril deste ano quando Sarney Filho deixou o comando da pasta para concorrer nas próximas eleições de outubro.

O presidente Michel Temer decidiu efetivar o general de Exército Joaquim Silva e Luna no cargo de ministro da Defesa. A nomeação de Luna foi publicada no "Diário Oficial da União" desta quarta-feira (13).

Luna comandava pasta como ministro interino desde fevereiro deste ano, quando o ministro Raul Jungmann deixou o Ministério da Defesa para assumir o Ministério Extraordinário da Segurança Pública.

Luna é o primeiro militar a comandar a pasta desde 1999, quando o ministério foi criado.

Temer também efetivou os interinos Wagner Rosário, no Ministro de Estado da Transparência e Controladoria-Geral da União, e Edson Duarte, no Ministério do Meio Ambiente.

Wagner Rosário completou um ano como interino no comando da Controladoria-Geral da União (CGU). Ele assumiu a pasta em maio de 2017, quando o então ministro Torquato Jardim assumiu o Ministério da Justiça.

Já Edson Duarte estava no Ministério do Meio Ambiente desde abril deste ano quando Sarney Filho deixou o comando da pasta para concorrer nas próximas eleições de outubro.



Fonte:G1

TAGS

COMENTÁRIOS(0)

*Obs:Os comentários são de inteira reponsabilidade dos usuários, de acordo com os Termos de Uso.

ENCONTRE-NOS:+