A B c D E F G H

Arlindo Cruz completa 60 anos de vida que será contada em musical de teatro previsto para estrear em 2020

Arlindo Cruz completa 60 anos de vida que será contada em musical de teatro previsto para estrear em 2020
Nenhum comentário.
Arlindo Cruz completa hoje, 14 de setembro de 2018, 60 anos de uma vida que será contada em musical de teatro. Ainda em fase inicial de pesquisa sobre a trajetória do cantor, compositor e músico carioca, o espetáculo sobre Arlindo será o segundo de trilogia de musicais sobre ídolos do samba. Idealizada pelo diretor de teatro Jô Santana, a trilogia foi iniciada em 2016 com o musical Cartola – O mundo é um moinho e está tendo continuidade neste ano de 2018 com o recém-estreado Dona Ivone Lara – Um sorriso negro. A previsão é de que o musical sobre Arlindo Cruz entre em cena em 2020 na cidade natal do artista. Nascido e criado no subúrbio da cidade do Rio de Janeiro (RJ), o sambista começou a trabalhar como músico na década de 1970, mas somente ganhou projeção a partir dos anos 1980 como integrante do grupo carioca Fundo de Quintal. O artista iniciou carreira solo em 1993, mas na sequência formou dupla com outro bamba carioca, Sombrinha, antes de estourar como solista – o que somente aconteceu de fato nos anos 2000. Fora de cena desde março de 2017, em decorrência de complicações de AVC, Arlindo Cruz é um dos maiores compositores do samba, tendo construído uma das obras referenciais do gênero. Editoria de Arte / G1

Arlindo Cruz completa hoje, 14 de setembro de 2018, 60 anos de uma vida que será contada em musical de teatro. Ainda em fase inicial de pesquisa sobre a trajetória do cantor, compositor e músico carioca, o espetáculo sobre Arlindo será o segundo de trilogia de musicais sobre ídolos do samba.

Idealizada pelo diretor de teatro Jô Santana, a trilogia foi iniciada em 2016 com o musical Cartola – O mundo é um moinho e está tendo continuidade neste ano de 2018 com o recém-estreado Dona Ivone Lara – Um sorriso negro. A previsão é de que o musical sobre Arlindo Cruz entre em cena em 2020 na cidade natal do artista.

Nascido e criado no subúrbio da cidade do Rio de Janeiro (RJ), o sambista começou a trabalhar como músico na década de 1970, mas somente ganhou projeção a partir dos anos 1980 como integrante do grupo carioca Fundo de Quintal. O artista iniciou carreira solo em 1993, mas na sequência formou dupla com outro bamba carioca, Sombrinha, antes de estourar como solista – o que somente aconteceu de fato nos anos 2000.

Fora de cena desde março de 2017, em decorrência de complicações de AVC, Arlindo Cruz é um dos maiores compositores do samba, tendo construído uma das obras referenciais do gênero.

— Foto: Editoria de Arte / G1



Fonte:G1

TAGS

COMENTÁRIOS(0)

*Obs:Os comentários são de inteira reponsabilidade dos usuários, de acordo com os Termos de Uso.

ENCONTRE-NOS:+