A B c D E F G H

Câmbio afeta lucro da Klabin, que recua mais de 70% no terceiro trimestre

Câmbio afeta lucro da Klabin, que recua mais de 70% no terceiro trimestre
Nenhum comentário.
Companhia registrou lucro líquido de R$ 103,8 milhões no terceiro trimestre

Maior fabricante brasileira de papéis para embalagem e de embalagens de papelão ondulado, a Klabin teve lucro líquido de R$ 103,8 milhões no terceiro trimestre, com queda de 73% na comparação anual.

No intervalo, o forte resultado operacional, beneficiado sobretudo por preços mais altos, maior volume de vendas de produtos com melhor rentabilidade e custo caixa de produção de celulose mais baixo, foi parcialmente compensado por despesas financeiras líquidas, decorrentes sobretudo do impacto da variação cambial na parcela da dívida que está atrelada ao dólar.

No trimestre, a receita líquida da companhia totalizou R$ 2,81 bilhões, com expansão de 26%, enquanto o resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado avançou 66%, a R$ 1,25 bilhão, com margem Ebitda ajustado de 44%, 10 pontos percentuais acima do verificado um ano antes.

O resultado operacional antes da linha financeira, por sua vez, cresceu 121% ante o terceiro trimestre do ano passado, para R$ 897,7 milhões. Já o resultado financeiro ficou negativo em R$ 756,5 milhões, comparável a receita financeira líquida de R$ 330 milhões um ano antes. O efeito da desvalorização cambial sobre a parcela do endividamento em moeda estrangeira foi negativo em R$ 508,8 milhões.

Ao fim do trimestre, a dívida líquida da Klabin estava em R$ 12,8 bilhões, com alta de 2% ante o apurado em junho, e correspondia a 3,4 vezes o Ebitda em reais (e 3 vezes em dólar), redução de 0,5 vez em três meses.

Vendas

O volume de vendas no terceiro trimestre, sem incluir madeira, alcançou 854 mil toneladas no terceiro trimestre, com alta de 1% na comparação anual e de 20% frente ao segundo trimestre, influenciada principalmente pelos embarques de celulose e desempenho operacional da unidade Puma, em Ortigueira (PR).

Desse volume, 49% foi destinado destinado ao mercado interno, em linha com o verificado no terceiro trimestre do ano passado e abaixo dos 52% do segundo trimestre. Da receita líquida de R$ 2,8 bilhões, 53% foi gerada no mercado doméstico, contra 60% um ano antes e 57% no segundo trimestre.

Conforme a companhia, a melhora de mix de vendas e preços no trimestre impulsionou a receita. Esse desempenho, combinado à disciplina de custos, resultou em Ebitda ajustado de R$ 1,25 bilhão, um recorde para a Klabin.

Em 12 meses, o Ebitda ajustado da fabricante totalizou R$ 3,74 bilhões, comparável a R$ 3,3 bilhões nos 12 meses encerrados em junho, marcando o 29º trimestre consecutivo de crescimento nesse indicador.



Fonte:G1

TAGS

COMENTÁRIOS(0)

*Obs:Os comentários são de inteira reponsabilidade dos usuários, de acordo com os Termos de Uso.

ENCONTRE-NOS:+