A B c D E F G H

Bolsonaro anuncia aumento de impostos e é desmentido; Países querem nova eleição na Venezuela. Jornais de sábado (5)

Bolsonaro anuncia aumento de impostos e é desmentido; Países querem nova eleição na Venezuela. Jornais de sábado (5)
0 
Veja quais são as notícias de destaque nos matutinos brasileiros A Folha de S

A Folha de S.Paulo destaca que o presidente Jair Bolsonaro foi desmentido nesta sexta-feira (4) por dois integrantes de sua equipe depois de afirmar que havia assinado um decreto para aumentar o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) e compensar os incentivos dados ao Norte e ao Nordeste.

Após as declarações, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e o Secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, desmentiram Bolsonaro e negaram que o presidente tenha assinado documento aumentando o imposto.

Onyx disse que Bolsonaro "se equivocou" e que o governo decidiu limitar os benefícios aos recursos disponíveis no Orçamento de 2019 para não ter que aumentar impostos.

Já o secretário Marcos Cintra esclareceu que o compromisso de não aumentar impostos era uma promessa de campanha que será cumprida. "Bolsonaro diz que IOF vai subir e seu governo desmente", sublinha a manchete da Folha.

O Estado de S.Paulo fala sobre a "falta de sintonia" na equipe de Bolsonaro e enfatiza que, além da declaração equivocada sobre o aumento do IOF, o presidente também foi desmentido depois de falar sobre mudanças na tabela do Imposto de Renda.

Bolsonaro afirmou que a alíquota do IR cairia de 27,5% para 25%, mas o secretário da Receita Federal Marcos Cintra corrigiu a informação e disse que a mudança seria feita em "momento oportuno". "Fala de Bolsonaro expõe falta de sintonia no governo", mostra o título principal do Estadão.

O Globo também comenta os equívocos cometidos pelo presidente Jair Bolsonado e destaca que o ministro da Economia, Paulo Guedes, cancelou sua agenda pública e não se pronunciou sobre as declarações de Bolsonaro.

Coube a Onyx Lorenzoni, ministro da Casa Civil, realizar uma entrevista coletiva para corrigir as informações e dizer que não haverá aumento de impostos no momento.

Além de corrigir as informações sobre o IOF e sobre o imposto de renda, Onyx comentou a proposta anunciada por Bolsonaro de estabelecer a idade mínima de 57 e 62 anos para mulheres e homens se aposentarem após a reforma da Previdência.

Onyx explicou que a proposta foi exposta para mostrar que a transição vai respeitar os direitos das pessoas. "Assessores negam anúncio de Bolsonaro sobre impostos", destaca a manchete do Globo.

Na primeira página, O Globo, o Estadão e a Folha destacam que o ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, decidiu autorizar o envio de 300 homens da Força Nacional ao Ceará após uma nova onda de ataques no Estado.

O Estadão enfatiza que um homem foi morto em confronto com a polícia e a Folha afirma que a equipe de Moro decidiu enviar a Força Nacional ao perceber que as forças estaduais não conseguiram debelar a crise.

Os jornais também repercutem a declaração conjunta, com ameaça de sanções, do grupo de Lima, que reúne 14 países das Américas, pressionando Nicolás Maduro a não tomar posse na semana que vem na Venezuela.

Eles propõem nova eleição presidencial, pois a última foi “ilegítima”, e pedem que Maduro transfira o poder para a Assembleia Nacional, eleita em 2015 e controlada pela oposição, até que sejam realizadas novas eleições. O México não assinou a declaração.

var allowInteraction = 1; window.cdaaas.SETTINGS = Object.assign({COMMENTS_ALLOW_INTERACTION: allowInteraction}, window.cdaaas.SETTINGS);

Fonte: G1

TAGS

COMENTÁRIOS

ENCONTRE-NOS:+