A B c D E F G H

Reforma da Previdência incluirá nova forma de se aposentar; Mais dois estados pedem ajuda a Moro. Jornais de quarta (9)

Reforma da Previdência incluirá nova forma de se aposentar; Mais dois estados pedem ajuda a Moro. Jornais de quarta (9)
1 
Veja quais são as notícias de destaque nos matutinos brasileiros Em sua manchete, a Folha de S

Em sua manchete, a Folha de S.Paulo volta a tratar da proposta de reforma da Previdência que está sendo elaborada pela equipe de governo do presidente Jair Bolsonaro e enfatiza que o texto deve conter um regime de capitalização estabelecendo que o trabalhador que entrar no mercado de trabalho após a promulgação da emenda terá que fazer uma espécie de poupança para garantir a sua própria aposentadoria.

Em um quadro comparativo apresentado na primeira página, o matutino ressalta que a proposta em tramitação atualmente no Congresso – apresentada pelo governo Temer - não prevê o regime de capitalização e teria um tempo de transição de 19 anos. Pela proposta da equipe de Bolsonaro, a transição deve ser de apenas 10 anos. “Guedes quer capitalização; compare propostas para Previdência”, destaca o título principal da Folha.

O Globo também dedica a manchete do dia ao novo regime de capitalização que o governo pretende enviar para aprovação do Congresso Nacional. Segundo o matutino carioca, o novo regime deve substituir gradualmente o atual, onde os trabalhadores da ativa contribuem para quem está aposentado.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a proposta a ser enviada ao Congresso não será fatiada e contemplará tanto a reforma como o regime de capitalização. “Vai ser tudo junto. A palavra fatiada nesse aspecto (capitalização), não”, disse Guedes.

Para acelerar o processo de aprovação e evitar que as discussões comecem do zero, o atual governo deve aproveitar partes do texto que já tramita no Congresso, de autoria do governo Temer. “Proposta do governo criará novo regime de aposentadoria”, mostra a manchete do Globo.

Além do novo regime de capitalização, o governo pretende apresentar uma proposta de reforma da Previdência que seja duradoura e resolva a questão das aposentadorias por um longo período de tempo no país.

O Estado de S.Paulo mostra que, durante reunião realizada nesta terça-feira (8), os ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, se reuniram para conversar sobre a proposta que deve ser apresentada ao presidente na próxima semana, antes de ser encaminhada ao Congresso Nacional.

Segundo o ministro Onyx Lorenzoni, o objetivo da equipe é “que não seja necessário falar sobre a reforma da Previdência pelos próximos 20 anos”. “Guedes vai propor reforma mais dura para Previdência”, sublinha a manchete do Estadão.

O matutino carioca informa também que outros dois estados estão pedindo ajuda do governo federal para o reforço na segurança. O governador do Pará, Helder Barbalho, pediu ao Ministério da Justiça e Segurança Pública o envio da Força Nacional e o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, reúne-se hoje com o ministro Sergio Moro para tratar do tema.

Os principais jornais repercutem ainda a promoção do filho do vice-presidente, General Hamilton Mourão, no Banco do Brasil, noticiada pelo blog, que procurou o Banco do Brasil às 10 horas desta terça-feira (8), por Época e o pelo site O Antagonista.

Na primeira página, a Folha, O Globo e o Estadão destacam que Antonio Hamilton Rossell Mourão é funcionário de carreira do Banco do Brasil há 18 anos e vai ocupar o cargo de assessor especial do presidente do banco, com um salário de R$ 36 mil por mês.

O Estadão enfatiza que a repercussão negativa da notícia motivou o general Mourão a procurar o presidente Jair Bolsonaro para dizer que não tinha interferido na promoção do filho. Pelo Twitter, o General afirmou que o filho tem "conduta irrepreensível e por absoluta confiança pessoal do Presidente do Banco foi escolhido por ele para sua assessoria".

var allowInteraction = 1; window.cdaaas.SETTINGS = Object.assign({COMMENTS_ALLOW_INTERACTION: allowInteraction}, window.cdaaas.SETTINGS);

Fonte: G1

TAGS

COMENTÁRIOS

ENCONTRE-NOS:+