A B c D E F G H

Operários presos a mil metros de profundidade em mina de carvão no Peru são resgatados com vida

Operários presos a mil metros de profundidade em mina de carvão no Peru são resgatados com vida
0 
Grupo passou três dias debaixo da terra e conseguiram sobreviver porque um tubo de ventilação não sofreu danos após o desmoronamento do poço

Os quatro operários presos a mil metros de profundidade em uma pequena mina de carvão do Peru desde quinta-feira foram resgatados com vida na noite de domingo (3). Eles sobreviveram graças a um tubo de ventilação que não sofreu danos após o desmoronamento do poço, disseram autoridades.

Os mineiros apresentavam quadros de desidratação porque só dois dias após o colapso na mina Pampahuay, situada na província andina de Oyó, foi possível entregar água e alimentos pelo mesmo tubo de ventilação.

Logo após o resgate, eles transferidos a um hospital da região, confirmou o ministro de Minas e Energia, Francisco Escodes, no Twitter.

Desmoronamento da mina

Operação de resgate salvou quatro mineiros presos na mina Pampahuay, no Peru — Foto: AFP PHOTO / MINEM / OSCAR FARGE

O chefe do Instituto de Defesa Civil em Lima, Len Jiménez, disse ao jornal local Peru21 que parte do teto da mina veio abaixo aproximadamente a mil metros de profundidade da jazida.

O Peru, que não é um grande produtor de carvão, é o segundo maior fornecedor mundial de cobre e zinco e o sexto de ouro.

O desmoronamento de parte da pequena mina de carvão Pampahuay ocorreu depois de chuvas intensas na região, que afetaram a estrutura da jazida.

A mina Pampahuay está localizada em uma área despovoada a cerca de 3,9 mil metros acima do nível do mar e a 250 quilômetros de Lima. Em 2015, um acidente semelhante no mesmo local deixou uma pessoa morta.

Os desmoronamentos são geralmente causados pelo acúmulo de água e da umidade filtrada pela maior concentração de chuvas típicas da época nesta região dos Andes.

Peru var allowInteraction = 1; window.cdaaas.SETTINGS = Object.assign({COMMENTS_ALLOW_INTERACTION: allowInteraction}, window.cdaaas.SETTINGS);

Fonte: G1

TAGS

COMENTÁRIOS

ENCONTRE-NOS:+