A B c D E F G H

Gêmeos Winklevoss recebem autorização para operar moedas virtuais em Nova York

Gêmeos Winklevoss recebem autorização para operar moedas virtuais em Nova York
Nenhum comentário.
Famosos por briga judicial com Zuckerberg pela criação do Facebook, irmãos viraram entusiastas das moedas criptográficas, como o bitcoin. Irmãos Cameron e Tyler Winklevoss deixam o Tribunal de Apelações, após uma audiência sobre a resolução de litígios com o Facebook, em São Francisco. Stephen Lam/Reuters A Gemini, empresa dos irmãos gêmeos Cameron e Tyler Winklevoss, recebeu nesta segunda-feira (14) aval do governo estadual de Nova York e se tornou a primeira casa de câmbio de moedas virtuais, como bitcoin, a receber autorização formal do estado norte-americano para promover transações do Zcash. O Departamento de Serviços Financeiros de NY (DSF) liberou a companhia para fornecer serviços de intermediação de compra e venda de moedas criptográficas, como Bitcoin Cash, Zcash e Litecoin. Os gêmeos fazem parte da controversa história de criação da rede social Facebook. Em 2008, acusaram Mark Zuckerberg de roubar sua ideia. O conflito é o centro da trama de "A Rede Social", filme de Aaron Sorkin, dirigido por David Fincher. “Nós estamos orgulhosos de sermos a primeira casa de câmbio no mundo a oferecer a troca e a custódia de serviços de Zcash”, afirmou Tyler Winklevoss, presidente-executivo da Gemini, em nota. Assim como o bitcoin, o Zcash é uma moeda criptográfica, cujas transações são registradas de forma pública e não passam pelo Banco Central de país algum. Mas, diferentemente da moeda virtual mais famosa do mundo, o Zcash tem uma modalidade que permite operações não registradas publicamente. “Essa ação sinaliza o comprometimento de longa data de Nova York com a inovação e liderança no mercado global”, afirmou Maria Vullo, superintendente do DFS. Infográfico: Como funciona o bitcoin Igor Estrella/G1

A Gemini, empresa dos irmãos gêmeos Cameron e Tyler Winklevoss, recebeu nesta segunda-feira (14) aval do governo estadual de Nova York e se tornou a primeira casa de câmbio de moedas virtuais, como bitcoin, a receber autorização formal do estado norte-americano para promover transações do Zcash.

O Departamento de Serviços Financeiros de NY (DSF) liberou a companhia para fornecer serviços de intermediação de compra e venda de moedas criptográficas, como Bitcoin Cash, Zcash e Litecoin.

Os gêmeos fazem parte da controversa história de criação da rede social Facebook. Em 2008, acusaram Mark Zuckerberg de roubar sua ideia. O conflito é o centro da trama de "A Rede Social", filme de Aaron Sorkin, dirigido por David Fincher.

“Nós estamos orgulhosos de sermos a primeira casa de câmbio no mundo a oferecer a troca e a custódia de serviços de Zcash”, afirmou Tyler Winklevoss, presidente-executivo da Gemini, em nota.

Assim como o bitcoin, o Zcash é uma moeda criptográfica, cujas transações são registradas de forma pública e não passam pelo Banco Central de país algum. Mas, diferentemente da moeda virtual mais famosa do mundo, o Zcash tem uma modalidade que permite operações não registradas publicamente.

“Essa ação sinaliza o comprometimento de longa data de Nova York com a inovação e liderança no mercado global”, afirmou Maria Vullo, superintendente do DFS.

Infográfico: Como funciona o bitcoin (Foto: Igor Estrella/G1)



Fonte:G1

TAGS

COMENTÁRIOS(0)

*Obs:Os comentários são de inteira reponsabilidade dos usuários, de acordo com os Termos de Uso.

ENCONTRE-NOS:+