A B c D E F G H

Longevidade entra no radar de feira internacional de eletrônicos

Longevidade entra no radar de feira internacional de eletrônicos
Sensores serão destaque na Consumer Eletronics Show, que ocorrerá em janeiro em Las Vegas A CES (Consumer Eletronics Show) é uma feira internacional de eletrônicos que existe desde 1967 e reúne o que há de mais moderno em tecnologia, com cerca de 4
PUBLICIDADE

*Obs: A matéria continua após a propaganda.

500 expositores.

Realizada em Las Vegas, a edição de 2020, que ocorrerá entre 7 e 10 de janeiro, reconheceu a relevância do fenômeno da longevidade, embora este ainda não seja o foco do evento.

Entretanto, cresceu bastante o número de produtos sob a rubrica “agetech”, que abrange de aplicativos a chatbots, que são programas de computador que simulam um ser humano na conversa, respondendo a perguntas como se o interlocutor fosse uma pessoa, e não uma máquina.

A Consumer Eletronics Show é uma feira internacional de eletrônicos que reúne o que há de mais moderno em tecnologia https://commons.

wikimedia.

org/w/index.

php?curid=76960351 Mas são os sensores, de todos os tipos, que ocuparão lugar de destaque nos estandes.

Eles monitoram o estado geral do idoso, mapeiam padrões e criam um banco de dados, alertam sobre incidentes e desvios e até conseguem prevê-los.

O CarePredict, por exemplo, é uma espécie de pulseira que aciona um serviço de emergência em caso de quedas.

Tem concorrentes: Kytera e Essence, ambas empresas israelenses, disponibilizam produtos semelhantes.

Há outros tipos de sensores que não precisam ser usados pelo indivíduo: são instalados nas tomadas e acompanham a movimentação dentro de casa, como o Sensorcall ou o Vayyar.

O Industrial Technology Research Institute, de Taiwan, que fabrica de sistemas portáteis de purificação de água a drones utilizados pela polícia, criou o Pecola (Personal Companion Robot for Older People Living Alone), que, como o nome diz, está presente o tempo todo nas atividades diárias, o que inclui fazer alertas caso a pessoa não coma ou pareça estar deprimida.

O Pecola (Personal Companion Robot for Older People Living Alone): robô que monitora o idoso dentro de casa Divulgação Além de produtos para os portadores de diabetes, se expandiu também o leque de opções para quem tem problemas de visão.

Empresas como Vispero e Orcam oferecem lentes de aumento especiais.

Há ainda óculos inteligentes com reconhecimento de voz e dotados de câmeras.

Já o Access Explorer é um aplicativo que facilita a identificação de entradas, elevadores ou banheiros em qualquer edifício.

Para os que se encontram num estado de maior fragilidade, a Smardii criou fraldas com sensores que fazem um exame da urina em tempo real.

A japonesa Triple W vai além: um aparelhinho com ultrassom que monitora a bexiga alerta o usuário ou seu cuidador de que está na hora de ir ao banheiro.

Quanto mais crescer e se diversificar, mais competidores o setor terá, o que levará ao barateamento dessas tecnologias

Veja também: Auxílio Emergencial: Caixa libera saques e transferências para aprovados no terceiro lote nascidos em junho

CLIQUE AQUI para ouvir a Rádio Jovem Mix ao vivo.

Fonte: G1

TAGS

COMENTÁRIOS

ENCONTRE-NOS:+