A B c D E F G H

Vazão do Rio Corumbataí é 43,26% menor que há um ano, alerta serviço de água e esgoto de Piracicaba

Vazão do Rio Corumbataí é  43,26% menor que há um ano, alerta serviço de água e esgoto de Piracicaba
Com redução no volume, pedras estão aparentes no manancial, que abastece 90% da cidade

Rio em Piracicaba está com vazão 44% menor do que no ano passado A vazão do Rio Corumbataí, responsável por 90% da água que abastece Piracicaba (SP), caiu 43,26% na comparação entre esta segunda-feira (21) e 21 de setembro de 2019.

De acordo com o Serviço Municipal de Água e Esgoto (Semae), a vazão é de 1,60 metro cúbico por segundo nesta segunda, enquanto neste mesmo dia no ano passado era de 2,82 metros.

Uma equipe da EPTV, afiliada da TV Globo, percorreu o manancial e viu diversos pontos onde as pedras estão aparentes.

Além da redução do volume disponível para captação, o Semae alerta também para o aumento da poluição do manancial devido à redução do nível.

Pedras aparentes no Rio Corumbataí, em Piracicaba: baixa vazão Reprodução/ EPTV Na semana passada, também a pedido da EPTV, o pesquisador Plínio Barbosa de Camargo do Centro de Energia Nuclear, entidade ligada à Universidade de São Paulo (USP), fez uma análise da água dos dois principais rios utilizados para abastecimento na cidade.

Ele mediu a quantidade de oxigênio na água e o índice de poluição.

No Rio Corumbataí, em épocas de cheia, o índice de poluição costuma ficar na marca de 120.

Mas hoje atingiu mais que o dobro, quase 270 pontos.

No Rio Piracicaba, o índice de poluição atingiu quase 600 pontos, o triplo do que é registrado quando o nível do rio está normal.

Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba

Veja também: Com nova mudança do Dia do Servidor, agências do INSS vão abrir nesta sexta

CLIQUE AQUI e baixe nosso App Android.

Fonte: Central de Jornalismo

TAGS

COMENTÁRIOS

ENCONTRE-NOS:+